domingo, 26 de outubro de 2008

PETER RUCKMAN ENSINA QUE ABORTO NÃO É ASSASSINATO


Peter Ruckman é uma das figuras mais proeminentes do movimento fundamentalista. Muito mais pela atitude do que pelo conteúdo.
Sua bem conhecida defesa da Bíblia King James aliado a seu estilo apologético agressivo contra seus opositores o fizeram mundialmente reconhecido.
Nesta sexta-feira recebi a Friday Church New Notes de David Cloud onde está a manchete que é título deste post.
De minha parte aprendi a jamais colocar homens num patamar de excelência. Quem faz isso está, mesmo que não admita, honrando a criatura em lugar do criador.
Todos erramos, todos cometemos falhas, e à exemplo de minha tradução de um artigo que denuncia os graves erros de Dave Hunt : http://discernimentobiblico.blogspot.com/2008/10/dave-hunt-ensinos-e-atividades-expostas.html, devemos sempre olhar para as Escrituras, "examinando tudo e retendo o bem" (I Ts 5:21).
(Friday Church News Notes, October 24, 2008, www.wayoflife.org fbns@wayoflife.org, 866-295-4143) –
Peter Ruckman que ensinou uma série de heresias e estranhas doutrinas
(ex., toda mulher com mais de 30 anos que for para o céu terá um corpo de homem), afirma que o aborto não é assassinato.O seguinte enxerto é de um sermão sem data específica sobre Gênesis 2:
“Eu ensino que um bebê não é uma alma vivente até para vocês irmãos.
Eu sou considerado um grande herético por ensinar isso, mas se alguém se guia pela Bíblia do Rei Tiago é tido como um herético nesses dias.
E assim eu não ensino que aborto é assassinato como os irmãos crêem...
Alguns dos irmãos tomam isso como uma guerra.
Eles dizem: ‘Aborto é assassinato; aborto é assassinato.’
E mostram a você fotografias.
Estão tentando provar que se olharmos essas criaturas como uma pessoa isso seria uma pessoa.
Isso foi o que Darwin ensinou.
Você deve estar alerta sobre esse assunto.
Você pode tomar um embrião de um animal e provar que é como um embrião humano.
Isso não o torna uma pessoa. ... Agora eu garanto a você que a criança é um organismo.
Eu garanto a você que pode ser vivo e ter vida animal.
Mas se você está falando sobre uma alma vivente, eu leio em minha Bíblia e aqui não há alma vivente até que o Senhor assoprou em suas narinas o fôlego de vida. Se você sempre foi ensinado de outra maneira você terá alguns problemas sérios.
Quando todos aqueles indianos e hindus vieram a Bangladesh e Paquistão e estupraram mais de 2000 mulheres e as deixaram com 800 filhos ilegítimos, o bom núncio da igreja católica decidido a aumentar a membresia na igreja decidiu ser um terrível pecado ter qualquer tipo de aborto.
Assim eles ensinam que era a vontade de Deus que 800 mulheres fossem abusadas contra suas vontades para produzirem crianças para a Igreja Católica Romana. Eu não acredito nisso.” (Peter Ruckman, http://sites.google.com/site/ruckmantruth/).
CONCLUSÃO: Contrária a doutrina de Ruckman, a Bíblia diz que Deus forma a criança no útero (Jó 31:5, Salmos 139:15). Pode alguém se achar no direito de matar uma pessoa que Deus está formando? Deus conhecia o profeta Jeremias antes de ele nascer e João, o batista era cheio do Espírito antes do seu nascimento (Jr 1:5; Lc 1:15,41). Quer ou não, uma criança que está para nascer ser chamada alma vivente é irrelevante para o assunto e não é algo que a Bíblia trata especificamente. Que o primeiro homem veio a se tornar alma vivente até que Deus assoprou em suas narinas o fôlego de vida não significa que isso é verdade para esses que são formados no útero.